Dei aula de inglês em empresas por 18 anos e tenho uma escola de idiomas, ensino, tradução e consultoria, há 20 anos. Já fiz muitas avaliações de nível, seguramente, devo ter avaliado mais de 2000 pessoas. Tenho observado muito as tendências das pessoas que nos buscam para estudar o idioma e decidi listar algumas dicas para quem quer dominar o inglês e utilizá-lo no ambiente corporativo:

[CORTAR]1) Aceite o inglês do jeito que ele é, não fique comparando com o português, nem dizendo que o português é muito mais fácil. Você já se perguntou por que acha que o português é mais fácil? Será que não é mais fácil porque é a sua língua nativa e está em contato com ela desde que nasceu? Já tentou ensinar português para um estrangeiro? Você verá que nossa língua não é tão simples assim, pelo contrário.

2) Faça um planejamento para seus estudos, respondendo às seguintes perguntas: o que, como, onde, quando. DISCIPLINA é fundamental.

3) Tenha os pés no chão, pois não se aprende inglês de uma hora para outra. São necessárias dedicação e persistência. Cuidado com as promessas de domínio em poucos meses. Um passo de cada vez. Quanto tempo você levou para falar português como fala hoje? Ainda, quantas palavras você conhece e usa em seu discurso em português? Controle a sua ansiedade.

4) Leia sites, livros e revistas em inglês.

5) Ouça inglês: músicas, sites de notícias, vídeos, programas de TV, filmes, podcasts etc. Para as músicas, tenha sempre as letras das que mais gosta e busque as palavras que não conhece no dicionário. Para os filmes, ouça em inglês e acompanhe com a legenda também em inglês.

6) Compre um bom dicionário ou use um da Internet.

7) Não tenha preconceitos. Há pessoas que não querem falar inglês, porque não gostam dos EUA, sua cultura e política internacional. Uma coisa é a língua, a outra é a cultura e o povo.

8 ) Perdoe seus erros, eles fazem parte do processo de aprendizado. Cuidado com a autocrítica exagerada! Não se penalize.

9) Faça lista de palavras novas e coloque em Post-it no seu monitor. Deixe-as lá até internalizá-las, ou seja, começarem a fazer parte do seu discurso. Depois disso, faça uma nova seleção de palavras e proceda da mesma forma.

10) Durante a aula, se não entendeu, pergunte, pesquise. Não deixe a dúvida passar.

11) Gramática pode até ser entediante, mas não mata ninguém. Ela é necessária para que você consiga adquirir a fluência desejada.

12) Descubra o seu estilo de aprendizagem. Há vários testes e textos sobre o assunto. Identifique qual é o seu canal de percepção mais aguçado. Isso o ajudará a acelerar o processo.

13) Escolha uma referência famosa, pode ser um ator, cantor, político, executivo, atleta etc e procure prestar atenção em como fala inglês, sua pronúncia, vocabulário que utiliza, entonação etc.

14) Por fim, coloque emoção em tudo o que fizer! Envolva-se!

Lígia Velozo Crispino

Artigos em Destaque

WhatsApp chat