O ensino de idiomas mais eficaz demanda personalização, flexibilidade e autonomia. Nós sabemos exatamente como tornar o ensino relevante a ponto de engajar todos os alunos. O primeiro passo é realizar o Levantamento de Necessidades e Expectativas. Trata-se de uma experiência que explora o repertório, estilo de aprendizagem, metas e desafios de quem precisa se comunicar em um idioma estrangeiro para desempenhar suas funções.

Muito além de uma simples avaliação inicial de nível, o Levantamento de Necessidades e Expectativas ajuda a traçar uma imagem detalhada da proficiência e dos resultados que o aluno deseja alcançar ou que a empresa estabeleceu para a sua carreira. Com esses dados, a Companhia de Idiomas faz a curadoria do conteúdo e desenha o roteiro pedagógico que será aplicado pelo professor e pelo aluno também.

Leia Mais

Muito se tem falado sobre o impacto da tecnologia no mundo corporativo. As ferramentas digitais são importantes aliadas no incremento da produtividade, otimização de processos, redução de custos, dados super precisos auxiliando as tomadas de decisão.

A tecnologia também está fazendo grande diferença em treinamento e educação, capacitando as pessoas nas mais diversas competências e esferas, e o aprendizado do idioma estrangeiro não fica de fora dessa tendência. Porém, é preciso uma mudança de mindset quanto ao estudo de uma língua como o inglês, porque ainda nos deparamos com muitas pessoas acreditando que as aulas presenciais são a solução para atingir a meta de fluência.

Aprender um novo idioma demanda tempo e dedicação. Por isso, se você está pensando em contratar um curso online, considere as seguintes dicas na definição da melhor opção:

Leia Mais

Você já leu o artigo com as 3 dicas para criar o hábito de estudar? Se ainda não leu, clique aqui e veja se elas já fazem parte da sua rotina, porque hoje temos mais três dicas, igualmente importantes para você estudar inglês!

Leia Mais

Já faz alguns anos que você promete estudar outra língua e não sabe por onde começar?

Então faça de 2019 o ano definitivo em que você vai tirar esse projeto do papel! Comece o ano com uma nova atitude diante do que você quer aprender. Não deixe para 2020 porque, na verdade, o tempo está esgotando e você não pode mais adiar…

 

Por quê?

Yuval Harari, autor do livro “21 lições para o século 21”, diz que em um futuro próximo os trabalhadores não vão mais sofrer exploração no trabalho, como acontece há séculos em muitos países. Parece uma boa notícia, mas não é. Ele acredita que vamos sofrer de outro mal: irrelevância. Ficaremos obsoletos. Máquinas, softwares, apps – tudo isso vai tornar milhões de pessoas desempregadas e sem chance de conseguir novos empregos, porque a tecnologia cria empregos em escala infinitamente menor que a indústria tradicional. E porque a tecnologia e a globalização juntas estão destruindo segmentos inteiros.

Maaas…… Se você é fluente em inglês, novas profissões estão surgindo para você nas áreas de tecnologia, comunicação, engenharia, administração e ciências.

Mesmo que em 2019 você não possa iniciar um curso tradicional, ou contratar uma escola para aulas online ao vivo, comece a aprender mesmo assim! Estudar sozinho – ou quase sozinho – é possível. É hora de aprender a aprender.

Aqui estão três dicas para você começar HOJE.

Leia Mais

Existem inúmeras ferramentas tecnológicas para aprender um idioma estrangeiro, mas o segredo é entender como nosso cérebro funciona, porque se ele estiver no comando, cairemos nas seguintes armadilhas:

Leia Mais

Você prefere usar um notebook, tablet ou celular para anotar o conteúdo das aulas? Mais ainda: prefere tirar fotos das anotações do professor usando o seu celular?

Em um mundo no qual o teclado é quase unânime, a prática de escrever à mão, usando papel e caneta, vai se perdendo dia após dia. Não há como negar a facilidade que a tecnologia nos traz, mas, quando optamos pela comodidade, ou até pela preguiça, deixamos de lado todos os benefícios que a escrita nos traz, em especial ao nosso cérebro.

Ao tirar uma foto do conteúdo no quadro, gravar o que o professor está falando ou anotar com o teclado, conseguimos registrar tudo, mas não estamos absorvendo as informações. Quando anotamos à mão, não conseguimos pegar todas as palavras do professor. Consequentemente, temos de fazer um resumo do conteúdo em nossa mente ou usar apenas as palavras-chave. Isso nos obriga a prestar mais atenção.

Leia Mais

WhatsApp chat