“A atenção funciona como um músculo: pouco utilizada, ela definha; bem utilizada, ela melhora e se expande”. Daniel Goleman

 

A atenção é a habilidade de selecionar e focar em uma coisa, ideia ou tarefa enquanto filtramos o que se passa ao nosso redor. Há vários tipos de atenção:
 
Atenção Concentrada é a habilidade de se concentrar em um estímulo, enquanto excluímos outras coisas à nossa volta.
 
Atenção Sustentada representa a habilidade de manter uma resposta estável durante uma atividade incessante e repetitiva, ou seja, nos permite manter o foco em uma tarefa por um período de tempo contínuo e sem se distrair.
 
Atenção Seletiva quando conseguimos “selecionar” no que prestar atenção. Ela se refere ao ato consciente de se concentrar e evitar distrações de estímulos tanto externos (barulhos) quanto internos (pensamentos desnecessários). Exemplo: concentrar-se na voz do professor em uma sala de aula lotada e barulhenta.
 
Atenção alternada quando mudamos o foco da atenção ou alternamos entre diferentes tarefas que tenham diferentes níveis de exigência de compreensão.
 
A  questão é que a vida corrida, cheia de distrações internas e externas, estímulos, informações e estresse, faz com que tenhamos fadiga cerebral e, consequentemente, dificuldades para manter a atenção. Por isso, é fundamental recarregar as baterias das atenções. Como podemos fazer isso?
 
Não é nem pensar nem não pensar e também não é controlar a mente. É conhecê-la para usá-la melhor. É perceber com mais clareza o que nos cerca. Quando mudamos um pouco o olhar sobre as coisas, fazemos uma revolução.


Caminhar ou apreciar a natureza. Esse passeio pode ser em um parque arborizado, campo, floresta ou praia. O ambiente urbano, com muitos prédios, asfalto, trânsito e barulho não favorecem o bom funcionamento dos tipos de atenção que precisamos.


Torna o cérebro mais saudável. A falta de sono inviabiliza o aprendizado. O sono tem um papel crucial no processo de retenção de informações, na formação de novas memórias. Enfim, nosso cérebro precisa de várias horas de sono reparador. Fato!
 
Como qualquer uma das habilidades cognitivas, a atenção melhora com a prática. Desenvolver a atenção nos ajuda a processar informações com maior eficácia. Para aliar o treinamento de atenção com o estudo de inglês, há vários aplicativos.

Quero aqui recomendar o Elevate Brain Trainer http://elevateapp.com/#/. Respondemos a um questionário para definir quais competências desejamos incrementar: Writing, Listening, Speaking, Reading e Math. Depois de realizar um teste inicial e verificar o resultado de nosso desempenho, o aplicativo cria um programa de treino customizado. Com a versão gratuita, recebemos 3 desafios diários.

A falta de reflexão restringe nossa visão e torna nossas mentes cada vez mais estreitas. Por isso, além deste aplicativo, sugiro um momento de reflexão sobre o seu nível de atenção nas aulas de inglês. Vamos lá?
Quantas vezes você checa seus e-mails durante as aulas? Precisaria mesmo?
Quantas vezes você sai da aula para atender a uma ligação? Não poderia esperar?
Quantas vezes você checa sua timeline no Facebook ou outra rede social?
Quantas vezes você checa SMS ou mensagens no Whatsapp? Precisaria mesmo?
Mestre Yoda de Guerra nas Estrelas disse: “ O seu foco é sua realidade”.
 
Escrito por Lígia Crispino. Publicado em 01/02 na coluna semanal da Exame.com. Editado por Lígia Crispino para o blog da Companhia de Idiomas.

Lígia Velozo Crispino, fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e do ProfCerto. Graduada em Letras e Tradução pela Unibero. Curso de Business English em Boston pela ELC. Coautora do Guia Corporativo Política de Treinamento para RHs e autora do livro de poemas Fora da Linha. Colunista dos portais RH.com, Vagas Profissões e Revista da Cultura. Organizadora do Sarau Conversar na Livraria Cultura.

E se você quer se aprofundar neste assunto, fale com a gente. A Companhia de Idiomas tem professores que vão até a sua casa ou empresa. Fale com: 

roselicampos@companhiadeidiomas.com.br

Artigos em Destaque

WhatsApp chat