Conhece a estória “Aladdin and the Wonderful Lamp” size_810_16_9_desejo.jpg? 
Aladdin fez três pedidos (three wishes) ao gênio da lâmpada, lembra? Ele possivelmente usou frases como:  “I wish I had…”, “I wish for…” , ou  “I wish her..”

Vamos aproveitar a inspiração da estória e estudar três formas de usar o verbo “to wish”.  Se quiser, comente depois usando uma das três estruturas do verbo “to wish”, e contando algo que você deseja.  
 
1) Wish – something unlikely or impossible to be true
I wish I had a boyfriend tonight.
I wish I had three wishes.
I wish my skin was better today.
I wish I hadn’t told him.
 
Aqui usamos  “wish” para desejar algo improvável ou impossível,  e também para imaginar um passado ou um presente diferente do que se tem no momento.  Veja que em todas as orações, na frase logo após o verbo “to wish” há um verbo no passado, como “was”, “hadn’t”, “had”.
 
2) Wish for something
I wish for a happy life when I move to the USA.
She wished for a better job, that’s why she started looking for another one.

Neste caso, usamos “to wish” para expressar nossos desejos, quando queremos que algo aconteça.  Observe que usamos sempre o “for”.
 
3) Wish someone something
I wished her luck.
My parents wished me a safe trip.
He wished me a happy birthday.

Esta estrutura é usada geralmente quando queremos desejar algo a alguém.   Tem sempre um objeto indireto (her, me, him) e um objeto direto (luck, a safe trip, a happy birthday).
 
Agora, teste seu aprendizado, escolhendo a melhor alternativa:

a)
He wished me___________________
having luck/ lucky/ luck

b) I wish you_____________________ 
to recover fast / a speedy recovery / recover
 
c) I wished  for____________________

a big car / have a big car/ had a  big car
 
d) He wishes for_____________________
peaceful world / world peace/ have world peace
 
e) I wish I _________________________
am having  / had / have   enough money to travel

ANSWERS:
He wished me  luck
I wish you  a speedy recovery
I wished  for a big car
He wishes for  world peace
I wish I had enough money to travel

FONTE:   bbc.co.uk

Escrito por Rose Souza. Publicado em 30.03 na coluna semanal da Exame.com. Editado por Rose Souza para o blog da Companhia de Idiomas em 01.04 

Rosangela Souza é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e da ProfCerto. Também é professora de técnicas de comunicação, gestão de pessoas e estratégia no curso de Pós-Graduação ADM da Fundação Getulio Vargas. 
 
E se você quer se aprofundar neste assunto, fale com a gente. A Companhia de Idiomas tem professores que vão até a sua casa ou empresa. Fale com: 
roselicampos@companhiadeidiomas.com.br


WhatsApp chat