“O SaaS  tem alguns KPIs específicos, por isso o CSM é fundamental, desde o MPV, entendeu?”

Nãããão!

Todos os dias aparecem novas palavras e novas siglas em inglês… Mas não desanime: se você leu (e usou) os termos aprendidos no artigo “10 buzzwords de negócios” (clique aqui para ler), vamos agora ampliar mais um pouco seu vocabulário de negócios. Hoje coloquei aqui 10 termos usados em frases que misturam português e inglês – exatamente como ouvi (ou li) em reuniões, cursos, palestras e relatórios.  Se você entender tudo, está bem atualizado, especialmente em temas como Marketing, Tecnologia e Customer Success.

Leia Mais

Para você relaxar durante as festas de final de ano e nunca parar de aprender inglês, hoje trouxemos uma lista de filmes de Natal que você encontrará na Netflix. Em cada sinopse de filme há dois erros propositais para você tentar identificar e corrigir. Tem também a definição de uma palavra, para você ampliar seu vocabulário.

Leia Mais

A Christmas Carol é um grande clássico da literatura, escrito por Charles Dickens em 1843. O livro foi escrito em menos de um mês, teve todas as cópias vendidas em poucos dias, e até hoje, mais de 100 anos depois, nunca parou de ser publicado.

Além disso, já foram feitas várias adaptações para o cinema, ópera, teatro, etc, mas hoje vamos estudar a história original. Abaixo você encontrará um resumo de cada um dos cinco “staves” que compõem o livro. Leia o vocabulário destacado e veja se você consegue compreender o significado.

E, antes de começar, uma curiosidade: Dickens escolheu dividir sua história em “staves” e não “chapters”. “Staves” são as pautas usadas para escrever as notas musicais em uma partitura, o que reforça a sugestão da história ser uma grande “Christmas Carol” (canção natalina).

Leia Mais

Na sua opinião, o inglês é mais difícil do que o português? Ou ele é mais fácil?

Mais importante ainda: você saberia como expressar essa opinião em inglês?

As comparações costumam ser uma das primeiras lições que você aprende no seu curso, e não poderia ser diferente: além de serem muito simples, você provavelmente fará comparações quase que diariamente. É claro que você não vai prestar atenção em cada frase que disser usando uma estrutura de comparação, por isso é muito importante que você estude e pratique, para que essas estruturas se tornem automáticas.

Leia Mais

O inglês tem uma característica bastante peculiar para nós brasileiros em relação a frases negativas, e que pode confundir um pouquinho. Para começar, há duas formas diferentes para dizer NÃO em inglês. São elas:

NO que é o oposto de YES e que também significa “nenhum, nenhuma”.

NOT, usado nas frases negativas junto com o verbo TO BE, os auxiliares DO, DOES, DID, WILL, WOULD, HAVE, HAS, HAD e os verbos modais CAN, COULD, SHOULD, MAY, MIGHT.

Para negar ainda existem outros termos, como: NEVER (nunca), HARDLY (mal), NOBODY (ninguém), NO ONE (ninguém), NOTHING (nada), NOWHERE (nenhum lugar), NO LONGER (não mais).

Leia Mais

“Em uma startup, você tem de overinvest em Customer Success, ou ir para o growth hacking, entendeu?”

Não!!! Mesmo que você domine o inglês, está ficando cada vez mais difícil entender orientações ou opiniões em textos, palestras, cursos, emails e reuniões sobre algumas áreas de negócio. Se você trabalha em uma empresa provavelmente já se deparou com pelo menos uma das palavras e expressões deste artigo. Dependendo da cultura da sua empresa, é melhor você não apenas saber o que elas significam, mas principalmente pensar sobre eles e usar os conceitos no seu dia a dia. Hoje coloquei aqui 10 termos que ouvi/li recentemente – alguns bem conhecidos e outros bastante novos – em frases que misturam português e inglês, exatamente como foram faladas/escritas por aí. Se você entender tudo, está bem atualizado, especialmente em temas como Marketing  e Customer Success. A frase acima? Você vai entender se ler até o fim 😉

Leia Mais

WhatsApp chat