Antes de começar, um aviso: não espere aquelas dicas milagrosas. Leia até o final e pense se, de fato, você tem estas atitudes quando quer aprender algo – um idioma ou qualquer outra coisa. Vale para cursos presenciais, online, em escolas ou com professores particulares ou para qualquer outra habilidade que você quiser desenvolver.

1. Tenha metas claras e precisas
Não diga apenas: “Quero ser fluente em inglês.” Estabeleça metas específicas. Seja claro e estabeleça um prazo para você: “Quero conseguir falar pelo menos três frases em inglês na reunião mensal, até o final de abril.” Ou: “Quero entender pelo menos 80% de um filme com legenda em inglês, em seis meses.” Se o caminho é longo, separe-o em partes menores, estabelecendo alguns pontos de parada para perceber e celebrar as pequenas vitórias.

Leia Mais

Escolher corretamente uma escola de idiomas é muito importante, já que você vai passar alguns anos com ela. Se você já tem alguma escola em mente, deve fazer algumas pesquisas antes de tomar a decisão final para não se arrepender depois.

Primeiro, o mais óbvio: você deve visitar o site e navegar por todas as páginas. Depois, deve ver as redes sociais e quantos seguidores tem, que tipo de informação é postada e a frequência. Assim, você pode avaliar a presença virtual da escola.

Depois, você deve pesquisar nos seguintes sites:

Leia Mais

“O inferno são os outros” é uma das frases célebres de Sartre, filósofo e escritor francês. Sempre achei que entendia mais ou menos o que Sartre queria dizer com essa frase. Mas descobri há algum tempo que não era bem o que eu imaginava, e agora tenho duas interpretações – a dele e a minha. Não posso esquecer de nenhuma das duas, pois são lições que preciso aplicar na vida pessoal e na profissional (que, como sempre, andam juntas).

Depois de ler este texto, é possível que você também tenha novas interpretações. Pessoas como Sartre falam coisas que carregam ensinamentos embutidos e infinitos.

Leia Mais

Para manter-se informado sobre o que acontece no mundo e também estudar inglês, faça este exercício de vocabulário com um extrato de um artigo que fala sobre a estratégia do Facebook para tentar entrar na China.

O exercício explora o significado das palavras destacadas em negrito através de explicação ou sinônimo em inglês. Desta forma, o raciocínio é monolíngue, não recorremos ao português, proporcionando ampliação de repertório.

Leia Mais

Quando nos tornamos líderes, corremos o risco de transformar crenças antigas e tudo o que aprendemos sobre liderança em ações diárias. Essas ações viram hábitos e, como todos os hábitos, começam a ser realizados no modo automático. As pessoas ao nosso redor percebem nossas manias e exageros, e a gente segue até achando que tem algo errado: só não sabemos exatamente o que é!

Todos nós, por não enxergarmos estes pontos, comprometemos nossa liderança: em sua eficiência (excelência nos processos), eficácia (consecução dos resultados) e efetividade (eficiência + eficácia sem abrir mão do que nos é valioso, como saúde, ética, família etc).

Em tempos de grandes desafios no país, um veneno que vem sendo ingerido pelos líderes com frequência nas organizações, sem que percebamos, é o microgerenciamento.

Se somos naturalmente controladores ou inseguros, sob pressão, nos tornamos hiper controladores ou mega inseguros, e constantemente:

Leia Mais

Buscando maneiras de estudar e contextualizar a gramática inglesa, vamos ler este trecho do segundo capítulo do livro The Google Story, David A. Vise e Mark Malseed? Ele relata o encontro entre Larry e Sergey e está repleto de adjetivos e advérbios, classes de palavras muito importantes na construção de frases mais ricas.

Adjetivo é toda palavra que caracteriza o substantivo, indicando-lhe qualidade, defeito, estado ou condição. Em português, ele pode ser posicionado antes ou depois do substantivo. Já em inglês, ele sempre vem antes e não sofre alteração, nem de gênero nem de número, como no português.

Advérbio é toda palavra invariável que acompanha o verbo, o adjetivo ou outro advérbio, modificando o seu sentido. Os advérbios sempre expressam uma circunstância ou ideia acessória em relação à palavra a que se referem, são eles de lugar, tempo, modo, intensidade, dúvida, afirmação e negação.

Leia Mais


Arquivo

janeiro 2019

dezembro 2018

novembro 2018

outubro 2018

setembro 2018

agosto 2018

julho 2018

junho 2018

maio 2018

abril 2018

março 2018

fevereiro 2018

janeiro 2018

dezembro 2017

outubro 2017

setembro 2017

agosto 2017

julho 2017

junho 2017

maio 2017

abril 2017

março 2017

fevereiro 2017

janeiro 2017

dezembro 2016

novembro 2016

outubro 2016

setembro 2016

agosto 2016

julho 2016

junho 2016

maio 2016

abril 2016

março 2016

fevereiro 2016

janeiro 2016

dezembro 2015

novembro 2015

outubro 2015

setembro 2015

agosto 2015

julho 2015

junho 2015

maio 2015

abril 2015

março 2015

fevereiro 2015

janeiro 2015

dezembro 2014

novembro 2014

outubro 2014

setembro 2014

agosto 2014

julho 2014

junho 2014

maio 2014

abril 2014

março 2014

fevereiro 2014

janeiro 2014

dezembro 2013

outubro 2013

setembro 2013

agosto 2013

julho 2013

junho 2013

maio 2013

janeiro 2013

junho 2012

março 2012

fevereiro 2012

janeiro 2012

dezembro 2011

novembro 2011

outubro 2011

setembro 2011

agosto 2011

junho 2011

maio 2011

abril 2011

março 2011

fevereiro 2011

janeiro 2011

WhatsApp chat