Como o Dia dos Namorados no Brasil está chegando, pesquisamos no site da Billboard as 10 melhores músicas românticas de todos os tempos, que tenham a palavra “love” no título. Colocamos na lista 5 perguntas que alunos de nível intermediário sempre fazem, com as respectivas respostas.

10th – I Can’t Stop Loving You"
Ray Charles

PERGUNTA:
Quando usamos stop+ing?

Usamos o –ing depois de alguns verbos, para indicar que uma ação ou evento terminou. Exemplos:

“It has stopped raining. Let’s go for a walk.” (It was raining, but not anymore).
“We have stopped using plastic bags. We take our own bag with us.”

Usamos o to+infinitive (ex: stop to look) para indicar que alguém parou de fazer algo, para fazer outra coisa. Exemplos:

“On the way to Edinburgh, we stopped to look at an old castle.” (we stopped our journey in order to look at the castle.)
“We also stopped to have something to eat.”

9th – "Best of My Love"
The Emotions

8th – "Because I Love You (The Postman Song)"
Stevie B

7th – "Let Me Love You"
Mario

PERGUNTA:
Qual a diferença entre “to leave” e “to let”?

To Leave:
“To leave”: deixar um lugar, algo ou alguém; esquecer . Exemplos:
“You’re always leaving your car keys on your desk.”
Not: …forgetting your car keys on your desk. or …you’re always leaving your car keys.
“I left my cel phone at home.” Not: I forgot my cel phone at home.

Também usamos quando a ação é intencional:
“We decided to leave the dog at home.”

To Let:
Podemos usar “to let” para falar sobre permissões (deixar alguém fazer algo). “To let” é sempre seguido de um objeto e um verbo no infinitivo, mas sem o “to”. Exemplos:
“She let me look at the photos” Not: She let me to look…
“She’d live on pizzas if we let her.”

Aviso: Não usamos “let” na voz passiva com este significado. Exemplos:
“They didn’t let us take photographs inside the theatre.” (or We weren’t allowed to take photographs …) Not: We weren’t let (to) take photographs.

6th – "I Will Always Love You"
Whitney Houston

PERGUNTA:
É correto dizer “I always will love you”?

Geralmente usamos “always”:

– Entre o sujeito e o verbo principal: “He always wears a hat.”
– Depois do primeiro verbo auxiliar: “I’ve always wanted a sports car.”
– Depois do verbo modal: “You’ll always be happy!” “I will always love you.”
“You can always talk to me if you need.”
– Depois do verbo principal “to be”: “She’s always late for class.”

Atenção: não costumamos usar “always” no início de afirmações ou perguntas. Exemplos:
“She always cooks wonderful meals.” Not: Always she cooks wonderful meals.
“Do you always go camping?” Not: Always do you go camping…

5th – "Silly Love Songs"
Wings

PERGUNTA:

“Qual a ordem correta dos adjetivos? Poderia ser “Love silly songs”?

Quando mais de um adjetivo vem antes de um substantivo, os adjetivos têm uma ordem específica. A regra normalmente aplicada é: adjetivos que descrevem opiniões ou atitudes (ex: amazing) geralmente vêm primeiro, antes de adjetivos mais neutros ou descritivos (ex: red) . Exemplos:
“She was wearing an amazing red coat.” Not: …red amazing coat

Se não quiser enfatizar nenhum dos adjetivos, a ordem mais comum é:

ORDER RELATING TO EXAMPLES
1 opinion unusual, lovely, beautiful
2 size big, small, tall
3 physical quality thin, rough, untidy
4 shape round, square, rectangular
5 age young, old, youthful
6 color blue, red, pink
7 origina Dutch, Japanese, Turkish
8 material metal, wood, plastic
9 type general-purpose, four-sided
10 purpose cleaning, hammering, cooking

4th – "How Deep Is Your Love"
Bee Gees

3rd – "We Found Love"
Rihanna feat. Calvin Harris

PERGUNTA:
Qual a diferença entre “to find/found/found” e “to found/founded/founded” ?

To find (past: found/participle: found) – encontrar
“He needs to find a job”. “He found what he was looking for.”

To found (past: founded/participle: founded) – fundar
“Boston was founded in 1630.”

2nd – "I’ll Make Love to You"
Boyz II Men

1st – "Endless Love"
Diana Ross & Lionel Richie

FONTES:

billboard.com
dictionary.cambridge.org

Escrito por Rose Souza. Publicado em 07.06 na coluna semanal da Exame.com. Editado por Rose Souza para o blog da Companhia de Idiomas

Rosangela Souza é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e ProfCerto. Graduada em Letras e Tradução/Interpretação pela Unibero, Business English na Philadelphia, USA. Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e PÓSMBA pela FIA/FEA/USP. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico e indicadores de desempenho para MPMEs. Colunista do portal da Catho Carreira & Sucesso, RH.com e Exame.com. Professora de Técnicas de Comunicação, Gestão de Pessoas e Estratégia na pós graduação ADM da Fundação Getulio Vargas/FGV.

E se você quer se aprofundar neste assunto, fale com a gente. A Companhia de Idiomas tem professores que vão até a sua casa ou empresa. Fale com: karina.soares@companhiadeidiomas.com.br

Artigos em Destaque

WhatsApp chat